Notícias

01/03/2017 10:18 Olhar Direto

PM baleado na cabeça tem morte cerebral; cinco suspeitos já foram presos

O Sargento da Polícia Militar Carlos Venério da Silva, baleado no final da tarde de ontem em Várzea Grande, faleceu na manhã desta quarta-feira (1), em decorrência de morte cerebral. Nesta manhã, o Instituto Médico Legal (IML) se deslocou até o Pronto Socorro Municipal da cidade.

O crime aconteceu na sorveteria ‘Planeta do Sorvete’, no bairro São Matheus. As informações preliminares eram de que o PM teria sofrido uma tentativa de assalto, e foi baleado na cabeça por dois homens, em frente à sua esposa e filho.
 
De acordo com informaçoões de Boletim de Ocorrência, por volta das 20h, quando os policiais se deslocaram até o Pronto Socorro para prestart ajuda ao PM, o filho dele informou, em conversa, que a testemunha João Carlos de Godoy Machado,56, teria participação no caso. Os PMs verificaram, e ele estava com mandado de prisão em aberto. Neste momento, foil he dado voz de prisão.
 
Já às 00h30 desta quarta (1), outras quatro pessoas já foram detidas suspeitas de estarem envolvidas com o crime. O primeiro suspeito foi Lenilson Ferreira de Campos,22, que foi encontrado em frente à sua casa. Ele usava tornozeleira electronica, e o equipamento acusou que estivera no local do crime, na hora do homicídio.
 
Lenilson havia fugido do local em um Gol Branco, e quando foi encontrado pela polícia ainda indicou a participação de outros dois suspeitos: Odenir Araujo de Almeida e Joselino Brito de Sousa, que também foram encontrados e também usavam tornozeleiras. Ele ainda disse que o carro havia sido emprestado por uma pessoa chamada Nayton, que também foi encaminhada à delegacia.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo