Notícias

30/03/2017 08:26 O Globo

Copiloto da American Airlines passa mal e morre logo após pouso

Um copiloto da American Airlines morreu após passar mal pouco antes do pouso da aeronave em que atuava em Albuquerque, no Novo México, nesta quarta-feira. Ele foi declarado morto meia hora após o piloto declarar emergência.

O voo 1353 da American Airlines, um Boeing 737-800 que voava do aeroporto internacional de Dallas-Fort Worth para Albuquerque, estava a menos de cinco quilômetros do pouso quando o capitão declarou emergência, citando "questão médica" a bordo, de acordo com um porta-voz da Administração Federal de Aviação (FAA).

A aeronave pousou com segurança às 15h33, e taxiou para o portão, onde o copiloto foi atendido por paramédicos. Fontes disseram que foi realizado um processo de reanimação de 35 a 40 minutos, antes que o funcionário fosse declarado morto.

A American não comentou o caso. A FAA disse que "seguirá as ações da companhia aérea" para saber mais sobre o incidente.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo